→Pq eu não pretendo ficar pra ver tudo isso acontecer'


"...Adeus, alguém precisava dizer, e esse ALGUÉM era Eu...mais com que palavras?...com que coração?...de que jeito?..."


Porque as vezes é mais facil você abrir mão, mesmo sem lutar, daquelas coisas que se faz flutuar, só para não ter mais que magoar ninguém, nem fazer inocentes se sentirem culpados...fácil...nem sempre é, mais não vou ser egoísta ao ponto de te prender a mim...por pena...amizade...amor...ou qualquer outro sentimento que não convém...só sei que não vou mais ficar pra ver o pior, diga-se de passagem, acontecer...e por mais que eu sofra agora...um dia isso vai passar...Quando me transformo e encontro o meu verdadeiro Eu, meus instintos de Loba não me deixam mais pensar em toda essa racionalidade, nem viver essa dor...talvez seja assim que eu deva ficar...em meio a floresta, sentindo a força que vem do chão...viajando por ai com uma certa velocidade, e sem ao menos olhar pra tras, para não correr riscos de vim algum vulto do passado ao meu encontro...

Só que nada há de se comparar, nem se transformar nisso...que eu não sei muito bem o nome, só sei que não quero mais ver...ao menos ver...se é que tenho esse direito...todos os risos, todas as palavras, todos os olhares...aqueles que um dia me aqueceram...dá espaço agora pra um lugar que aos poucos vou tentando entender...isso não convém mais a você...e em sua vontade de está presente me minha vida, sendo certo ou errado...você não tem mais o que escolher ou querer...já foi tudo decidido...pensando e planejado...só não foi sonhado...mais que de fato não muda nada...


"...Lembra quando nunca precisávamos um do outro,

os melhores amigos, como irmãos...

nós entendemos, nunca ficaríamos sozinhos...

aqueles dias se foram...

não sei o que dizer

eu nunca quis me sentir assim...

tão dificil e tão rapido dessa vez,

o que eu disse?o que vc fez?

esculto a sua voz e começo a tremer...

me traz de volta a criança que pareço...

Não posso fingir que ainda podemos ser amigos..."


O amor me enaltece, me alegra

me entristece, da-me o brilho das estrelas,

almas juntas, parelhas, tortura-me a distância,

imensurável constância, que me faz padecer

já apaguei o passado, que me faz tanto sofrer.

Só guardo misturado, com o futuro ao lado,

o que ainda há por vir...Nele a esperança...

me guia, com muita fé e harmonia...



How did I fall in love with you?




8 comentários:

  TATIANE

5 de abril de 2010 13:30

taa super lindoo *o*
é por isso que eu sou ta fã

  M.A.Stam.

5 de abril de 2010 13:34

Dolorido...pra dizer o mínimo.Conta comigo...

  ReEh(She Wolf)

5 de abril de 2010 13:47

dolorido e estranho...chega a ser uma dor fisica...o.O

  natinhursm

6 de abril de 2010 07:53

Goostei '-'

  nayh

6 de abril de 2010 08:10

Noossa Reeh uma Historiia estranha so que mesmo assim não deixa de seeer bonita, no final tudo da ceerto (-♥

  TATIANE

7 de abril de 2010 20:38

Euo sou meio estranhaa .-.

  thais

8 de abril de 2010 10:51

olha amiga

quem inventou o amor?
me explica por favor?


so o q sei é uma coisa boa e uma coisa ruim
pois na mesma intencidade que te alegra quando chega, te destroi quando vai embora!

vai entender isso

bjs!

  suziane.22

9 de abril de 2010 11:30

noosa rehh emcionante amiga continua com tudo q seu blog ta lindoooo!